Departamento de Educação Inclusiva e Psicologia

O Departamento de Educação Inclusiva e Psicologia tem como centro fulcral da sua ação o cuidado com cada aluno, especialmente com aquele que se encontra, temporária ou permanentemente, mais fragilizado e vulnerável. Integram-no psicólogos, docentes da educação especial e de educação social, cuja atividade se desenvolve no âmbito do Centro de Apoio à Aprendizagem.


Síntese de âmbitos de trabalho em 2019/2020

Avaliação e acompanhamento psicológico de alunos

Projeto de Tutoria - alunos do ciclo são semanalmente acompanhados de forma voluntária e individual por alunos do 12.º ano, supervisionados pelo Departamento.

Projeto “Smile” junto de alunos do 8.º ano, procurando promover a sua saúde mental e bem estar, bem como prevenir comportamentos da esfera suicidária.

Projeto “Prevint” junto de alunos do 8.º ano e 12.º ano, procurando promover prevenir comportamentos de violência.

Projeto “Desafios” junto de alunos dos vários níveis de escolaridade, procurando fomentar a sua inclusão educativa e social e desenvolver competências de cariz funcional, potencializando competências práticas e inteligências múltiplas.

Orientação escolar e profissional junto de alunos do 9.º ano e ensino secundário

Apoios especializados dentro de sala de aula, junto de alunos abrangidos por diferentes níveis de medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão (DL 54/2018), em articulação direta com os docentes titulares, reforçando e/ou adaptando o trabalho em desenvolvimento com a turma.

Apoios especializados em pequeno grupo ou individualmente – apoios tutoriais, junto de alunos abrangidos por medidas seletivas e/ou adicionais de suporte à aprendizagem e à inclusão (DL 54/2018), em articulação com o conselho de turma, desenvolvendo competências específicas, de acordo com as características de cada aluno.

Saídas de Socialização e “Feirinhas”, junto de alunos com medidas adicionais de suporte à aprendizagem e à inclusão (DL 54/2018) e/ou de alunos do Projeto “Desafios”, para dar significado às atividades desenvolvidas e potencializar a autonomia para a vida ativa futura.

Projeto de Intervenção na Dislexia, uma parceria entre psicólogos e docentes de Educação Especial para intervenção junto de alunos de 2.º Ciclo, para identificação de fragilidades específicas dentro da Dislexia e desenvolvimento competências de leitura e escrita transversais ao currículo.

Formação junto de pais e profissionais

Atividades:

Projeto de Mentoria, em tempos de pandemia

No início do ano letivo 2020/2021, os alunos do 12ºano foram convidados a participar no projeto de Mentoria, algo desconhecido para a maioria, mas que à medida que foi sendo explicado se tornou um assunto de interesse para muitos. Foi com grande surpresa que o gabinete de psicologia olhou para o número de inscrições no projeto num ano com apenas 3 turmas e com uma pandemia a decorrer. E assim, com muitos alunos inscritos e com um ano difícil pela frente, iniciou-se este projeto fantástico mais uma vez.

As primeiras sessões foram realizadas presencialmente, pois a situação assim o permitia, mas claro que com as devidas restrições, máscara, distanciamento e o fiel desinfetante a acompanhar. Contudo, com o passar do tempo, fomos capazes de criar relações mais próximas com os nossos mentorandos e estabelecer bases de confiança essenciais num projeto como este. O maior desafio inicial foi a comunicação, porque éramos estranhos a falar com alunos 6 ou 7 anos mais novos que nós e, assim sendo, era para eles intimidante falar connosco. Mas à terceira, quarta, quinta sessão, já as duas partes se sentiam mais à vontade para conversar; eles para colocarem as suas dúvidas de matemática e nós para as esclarecermos. Foi muito interessante ver os progressos que iam fazendo nas diversas áreas onde tinham dificuldades, pois para nós eram também pequenas vitórias. Com esses progressos vinha a certeza de que estávamos a fazer a diferença na vida do nosso mentorando.

Mas, de repente…surgiu outro desafio…voltámos às nossas casas, voltámos à escola online, ao nosso exercício em casa, às nossas rotinas de confinamento e agora? E a mentoria? Ora continua online, é claro. E assim foi para quem teve as condições de o fazer e decidiu aceitar o desafio! Com uma relação de confiança estabelecida previamente, agora seria mais fácil, os problemas eram outros. Como é que agora se esclarecem dúvidas sem um papel onde escrever? E a comunicação mudará alguma coisa? Em relação à primeira pergunta, a resposta passou por procurar outros meios, como as fotografias, PowerPoints disponíveis online e até meramente através de uma conversa, pedindo ao mentorando para explicar parte da matéria e acrescentando o que falta.


Perante a segunda pergunta, a única resposta possível é: “sim, claro que a comunicação vai mudar”;, no entanto, é possível fazer algumas adaptações para que tudo continue a funcionar. É essencial que haja interação entre as duas partes e isso pode passar por fazer questões ao mentorando, de modo a que este interaja connosco. Já fizemos tantas adaptações a este modo de vida com as nossas disciplinas normais, que fazer esse esforço para a mentoria não é pedir muito, principalmente sabendo que estamos a ajudar alguém no processo.

De forma geral, o projeto da mentoria tem sido muito enriquecedor e os desafios que com ele surgem têm possibilitado o crescimento da relação mentor-mentorando em sentidos diferentes. Sempre com ajuda do gabinete de psicologia e de cada psicóloga que nos acompanha, esperamos poder continuar o projeto, de uma forma ou de outra, até ao final deste ano letivo e proporcionar aos mentorandos alguns conselhos e conhecimentos valorosos que fiquem com eles ao longo do seu percurso académico e da sua vida.

Beatriz Paulo e Lúcia Quintino, 12ºCT

Conversas com Futuro

Decorreu no dia 6 de março, sábado, o evento organizado pelo Gabinete de Psicologia, onde se

pretendeu criar um ambiente descontraído de conversa entre atuais alunos e

antigos alunos, sobre o Ensino Superior. Neste dia estiveram mais de 60

oradores dispostos a falar com os mais de 450 participantes sobre mais de 50 cursos.

Foi um sábado muito diferente, pleno de informação e com uma excelente participação, em número e qualidade, de todos.


Projeto de Mentoria 2020/2021

No passado dia 12 de novembro, alguns alunos do 12ºano dos cursos científico humanísticos reuniram-se no auditório A com o gabinete de psicologia para iniciarem a sua nova aventura; o projeto de mentoria 2020/2021 antigo projeto de tutoria.

Durante a tarde os novos mentores apresentaram-se e partilharam aos seus interesses.

De seguida, receberem formação sobre a função que daqui para a frente irão desempenhar, assim, perguntas como: o que fazer?; a quem recorrer no caso de dúvida?; como ajudar?, foram as mais ouvidas e desde logo respondidas pelas psicólogas da nossa escola.

Considero que esta sessão foi muito importante para ambas as partes, mas em especial para os alunos que desta forma se sentiram apoiados, motivados e empenhados para a atividade.

De salientar ainda que este ano o número de alunos inscritos foi muito superior aos anos anteriores o que contribuiu para que o primeiro contacto com o projeto fosse muito mais enriquecedor e que certamente irá proporcionar uma experiência incrível que irá superar as melhores expectativas.

É através de projetos como este que o externato proporciona aos alunos que contribuem de forma decisiva no desenvolvimento das suas capacidades estimulando, o autoconhecimento pois trabalha o lado pessoal e cívico dos alunos o que faz com que seja realmente importante participarmos.

(Márcia Dias 12ºCTCS )

Notícias